Resumo do Café com Atitude

O Café com Atitude, promovido pelo Lixo Zero Porto Alegre, aconteceu no dia 4 de outubro de 2021, das 10h às 12h. O evento é o pré-lançamento da Semana Lixo Zero 2021 que acontecerá dos dias 25 a 31 de outubro.


O evento foi realizado no Salão Nobre do Palácio do Comércio e estavam presentes diversas entidades, associações e gestores.


A abertura e mediação do evento foi conduzida pela Jade Grawer, embaixadora do Lixo Zero Porto Alegre. As primeiras falas foram dos patrocinadores do evento: Associação de Logística Reversa de Embalagens (ASLORE) representada pelo Sr. Marcos Oderich, presidente da Associação. E da Embapel Reciclagem, representada pelo Sr. Giovanni Moser, diretor comercial da empresa. Na sequência falou a vereadora Cláudia Araújo, proponente do projeto de lei que instituiu, a partir desse ano de 2021, a Semana Municipal do Lixo Zero na nossa capital.


Logo após, as Embaixadoras Lixo Zero Porto Alegre Thays do Nascimento, Nicole Portella e Paula Moletta falaram sobre o Conceito Lixo Zero, Emergência Climática e Resíduos e a apresentação da Semana Lixo Zero 2021, respectivamente.






O Instituto Lixo Zero Brasil é uma organização civil e sem fins lucrativos que faz parte do Zero Waste International Alliance. Fundado em 2010, tem como objetivo disseminar o conceito de lixo zero e articular programas de conscientização, destacando a importância da certificação, reestruturação e controle sobre o lixo que produzimos.


Caminhar em direção ao Lixo Zero é olhar com dignidade para todo o nosso processo de consumo, entendo que ele deveria ser cíclico e não linear. É entender que todo o nosso resíduo enviado para a coleta seletiva passará por uma triagem, que é feita por mãos humanas, e depois de separados corretamente são vendidos para a indústria que fará a reciclagem desse material. Esse processo além de gerar renda e empregos exigirá menos extração e fabricação de matéria prima da natureza. Então o Lixo Zero vai muito além do objeto físico que chamamos de “lixo”.


A forma que temos olhado e agido para todo o processo que envolve o “lixo” causa bastante preocupação, seja financeira, ambiental ou sanitária. Atualmente chamamos de “investimento” em Serviços de Limpeza Urbana o envio de quase 90% do nosso resíduo orgânico e rejeito para aterro sanitário, enquanto esse valor deveria ser de 10%.



Além de muitos desses materiais possuírem alto potencial para reciclagem, o aterro sanitário se localiza a 100km da capital, gerando enormes custos de transporte para a prefeitura. O Lixo Zero Porto Alegre defende a criação de centrais de compostagens na nossa própria cidade, que gerará empregos e causará um impacto ambiental positivo com a produção de composto que pode ser utilizado na própria cidade para a adubação de parques e praças.


Então a Semana Lixo Zero vem para potencializar, para abrir os olhos para mudanças possíveis em nossa cidade. O evento é feito de forma colaborativa com a sociedade, que cria e gerencia suas próprias ações, que podem ser lives, oficinas, exposição, ponto de coleta de resíduos, etc. Este ano o evento será híbrido, de forma presencial e virtual. As ações devem ser cadastradas no site https://www.lixozeroportoalegre.com/eventos-participe até o dia 15 de outubro.


Todas as ações entrarão na programação que será divulgada no site Lixo Zero Poa. Além das ações, o evento já conta com uma programação que será:

Dia 25/10 - Painel de abertura, com a ARCO.

Dia 28/10 - Live “Inovação entre o reaproveitamento e a reciclagem” com Silvia Marcuzzo.

Dia 29/10 - Feira orgânica e oficina de compostagem, no Galpão do Plátano, com a Minhoca Urbana. E Luau no Terra e Brisa.

Dia 30/10 - 2ª edição da EcoFeira, na Redenção.

Dia 31/10 - Encerramento com Green Think no Bar Cé+Arte, .




No final do evento foi aberto um espaço de fala aos participantes. Falaram:


Lia Wilges, da Secretaria de Educação, SMED, sobre a importância da educação como ferramenta de mudança de comportamento social.

Leonel Radde, representado por Graciela, falando sobre o projeto da lei orgânica da cidade, sobre tornar a natureza um agente de direito.

Após falou a Paula Medeiros, do Fórum de Catadores, falando do trabalho essencial da escola na construção do pensamento coletivo e ambiental das crianças e que o conceito lixo zero vai muito além da separação correta do lixo, ele envolve inclusão, respeito, dignidade e educação.

Por fim, falou Emerson Correia, do DMLU, falando sobre a atuação do departamento e o apoio à Semana Lixo Zero.



Fica a todas e a todos o convite para participarem do evento: cadastre ações, prestigie e divulgue o evento.

www.lixozeroportoalegre.com